Faleceu Apolino de Almeida, médico e antigo presidente do hospital de Beja

O médico-cirurgião Apolino Salveano de Almeida, que dirigiu o hospital de Beja durante 14 anos, faleceu nesta quarta-feira, 6, aos 85 anos, vítima de doença prolongada.

Natural de Viseu, onde nasceu a 26 de fevereiro de 1936, Joaquim Apolino Salveano de Almeida formou-se em Cirurgia Geral na Universidade do Porto e chegou ao Alentejo em 1966, para prestar serviço em Cuba e no antigo hospital de Beja.

Depois do serviço militar, que cumpriu em Cabo Verde, regressou a Beja em 1970, para integrar o corpo clínico do novo Hospital José Joaquim Fernandes, inaugurado em julho desse ano.

Desde então, esteve sempre ligado como médico-cirurgião ao hospital de Beja, que dirigiu de 1980 a 1986 e, mais tarde, entre 1994 e 2002.

Foi igualmente figura de proa no PS na distrito, do qual era militante. Em comunicado, a Federação do Baixo Alentejo do PS destacou o “legado” e “contributo inestimável” de Apolino Salveano de Almeida “para a melhoria das condições de saúde na região”.

Já a Concelhia de Beja do PS lembrou, também em comunicado, que Apolino Salveano “foi um cidadão empenhado, amigo dos seus amigos e sempre interessado no bem-estar das populações que servia”.

Também a Câmara de Beja, em reunião do executivo realizada nesta quarta-feira, 6, aprovou um voto de pesar pela morte do cirurgião, considerando que este, ao longo da sua vida, “destacou-se como médico-cirurgião e como gestor na promoção e defesa incondicional do Serviço Nacional de Saúde”.

O velório de Apolino Salveano de Almeida decorre nas Casas Mortuárias de Beja e o funeral está marcado para esta quinta-feira, 7, a partir das 10h30, para o cemitério da cidade.

O “CA” apresenta as suas condolências à família de Apolino Salveano de Almeida.

Notícia atualizada às 22h17 de quarta-feira, 6, com o comunicado da Concelhia de Beja do PS, o voto de pesar da Câmara de Beja e o horário do funeral

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima