Exposição sobre os caminhos de Santiago "inaugura" novo Museu de Arte Sacra de Grândola

Exposição sobre os caminhos de Santiago "inaugura" novo Museu de Arte Sacra de Grândola

Grândola irá contar a partir deste sábado, 5, com um novo espaço cultural, o Museu de Arte Sacra, instalado na igreja de São Sebastião e cuja primeira exposição será dedicada aos Caminhos de Santiago.
Em declarações à Lusa, José António Falcão, director do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (DPHADB), explicou que Grândola “é um dos concelhos mais ricos da diocese em termos de património religioso, se não arquitetónico, pelo menos móvel e integrado. Ou seja, as igrejas poderão não ser as mais espectaculares, mas aquilo que contêm sim: esculturas, azulejaria, artes decorativas, etc”.
Consciente desse facto, a paróquia de Grândola começou por restaurar a igreja Matriz e, mais recentemente, a igreja de São Sebastião.
Com uma utilização pouco frequente desde que deixou de ser capela mortuária, o edifício irá agora albergar o Museu de Arte Sacra.
Este equipamento será inaugurado no sábado, pelas 18h00, com a exposição itinerante “Loci Iacobi – Lugares de Santiago, Lieux de Saint Jacques”, um projecto de colaboração entre Espanha, Portugal e França em que o tema central são os Caminhos de Santiago.
Estarão patentes cerca de três dezenas de obras de arte, antiga e contemporânea, de museus e igrejas dos três países.
Este é o oitavo núcleo da rede museológica diocesana de Beja, juntando-se a Santiago do Cacém, Cuba, Castro Verde, Moura, Beja (com dois pólos, o Museu do Seminário e o Museu Episcopal) e Sines.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima