Exposição de presépios para ver em Estremoz

Exposição de presépios

Uma exposição de presépios, feitos em diferentes materiais, com destaque para a barrística de Estremoz, da autoria de 23 artesãos do concelho, está a ser apresentada na Galeria Municipal D. Dinis, em Estremoz.
A sétima edição da exposição "Presépios de Artesãos do Concelho de Estremoz", organizada pela Câmara, através do Museu Municipal, está patente ao público até ao dia 6 de Janeiro de 2014.
Trata-se, segundo o director do Museu Municipal de Estremoz, Hugo Guerreiro, de "uma das mostras mais importantes em termos de qualidade artística presepista em Portugal e a principal do Alentejo".
Os artesãos de Estremoz apresentam presépios na área da barrística e outros feitos com diferentes materiais.
De acordo com o Município, actualmente, são dezenas os artesãos locais que se dedicam à feitura de presépios, utilizando as mais diversas matérias-primas, demonstrando que, em Estremoz, não são apenas os barristas que se dedicam à arte dos presépios, como acontecia antigamente.
A autarquia, através do Museu Municipal Professor Joaquim Vermelho, "tem tido nos últimos anos a preocupação de relançar a arte presepista no concelho", ampliando o leque de propostas aos artesãos que trabalham nas mais variadas matérias-primas.
O objectivo, de acordo com os promotores da exposição, "passa por incentivar a continuação da produção desta arte tão portuguesa, mas também por incentivar a inovação para que todos os anos os artesãos apresentem peças diferentes".
Os promotores desta mostra anual pretendem "tornar Estremoz como uma referência na área presepista", como já foi antigamente.
O presépio de Estremoz é uma peça actualmente muito solicitada aos barristas locais.
Também em Estremoz, está patente ao público, no Palácio dos Marqueses de Praia e Monforte, a exposição "Presépios do Mundo", uma mostra que inclui, segundo o município, "algumas das mais interessantes peças" da colecção particular do major-general Fernando Canha da Silva.
A exposição, que pode ser visitada até 6 de Janeiro, integra presépios de todos os continentes, nos mais diversos suportes e com as mais diversas formas.
Esta mostra conta com o apoio do Regimento de Cavalaria 3, de Estremoz.
Outro presépio pode ainda ser apreciado no coreto municipal, até 5 de Janeiro, elaborado com materiais reutilizáveis, enquanto uma colecção de oito presépios de Pedro Cravo está patente ao público no posto de turismo, até 12 de Janeiro.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima