Escola de pilotos do Canadá interessada em operar em Beja

Escola de pilotos do Canadá

Uma escola canadiana de formação de pilotos está interessada em instalar-se na Base Aérea 11, em Beja, revelou o ministro da Defesa em entrevista ao jornal “Público”.
De acordo com José Pedro Aguiar-Branco, “há boas expectativas” para a instalação na base aérea bejense de uma escola canadiana de formação de pilotos de aviões caça, embora não tenha adiantado mais pormenores.
A possibilidade dos canadianos se instalarem em Beja surge depois de no passado mês de Abril o Governo da Coreia do Sul ter cancelado o projecto, avaliado em mais de 200 milhões de euros, que previa a instalação de escola de formação avançada para pilotos de combate na base aérea baixo-alentejana.
Na altura, e de acordo com o “Jornal de Negócios”, a desistência dos sul-coreanos deveu-se à demora na resposta e falta de co-financiamento, ainda que o Governo português tenha justificado a decisão dos asiáticos com “outras prioridades”, devido ao então quase eminente conflito com os vizinhos do Norte.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima