Escola de pilotos do Canadá interessada em operar em Beja

Escola de pilotos do Canadá

Uma escola canadiana de formação de pilotos está interessada em instalar-se na Base Aérea 11, em Beja, revelou o ministro da Defesa em entrevista ao jornal “Público”.
De acordo com José Pedro Aguiar-Branco, “há boas expectativas” para a instalação na base aérea bejense de uma escola canadiana de formação de pilotos de aviões caça, embora não tenha adiantado mais pormenores.
A possibilidade dos canadianos se instalarem em Beja surge depois de no passado mês de Abril o Governo da Coreia do Sul ter cancelado o projecto, avaliado em mais de 200 milhões de euros, que previa a instalação de escola de formação avançada para pilotos de combate na base aérea baixo-alentejana.
Na altura, e de acordo com o “Jornal de Negócios”, a desistência dos sul-coreanos deveu-se à demora na resposta e falta de co-financiamento, ainda que o Governo português tenha justificado a decisão dos asiáticos com “outras prioridades”, devido ao então quase eminente conflito com os vizinhos do Norte.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima