Empresa de Ermidas lidera mercado nacional do peixe fresco

Empresa de Ermidas lidera

Cerca de 800 toneladas de peixe trabalhadas por dia e uma facturação de quase 30 milhões de euros fazem da Oceanic a maior empresa nacional de comercialização de peixe fresco.
Fundada no final do Verão de 2011 em Ermidas-Sado, no concelho de Santiago do Cacém, a empresa conseguiu vingar num sector bastante competitivo e o segredo está, segundo os seus responsáveis, na… honestidade!
“O segredo foi arranjar um bom parceiro – neste caso o Pingo Doce, que é o nosso principal cliente –, trabalhar muito e ter muita honestidade. Principalmente honestidade! Naquilo que se faz, com o nosso pessoal e com os nossos clientes”, confidencia ao “CA” Miguel Segundo, de 38 anos, que administra a empresa em conjunto com o sócio Paulo Estêvão, de 44.
A viagem da Oceanic pelo mar dos negócios arrancou há apenas pouco mais de dois anos, mas rapidamente a jornada chegou a bom porto e em 2013 os administradores da Oceanic esperam alcançar um volume de negócios a rondar os 30 milhões de euros.
Com cerca de meia centena de trabalhadores espalhados pelos armazéns nas lotas de Sines, Matosinhos, Portimão e Tânger (Marrocos), além da sede em Ermidas-Sado, a Oceanic trabalha peixe vindo dos quatro cantos do globo.
“Temos dois barcos nossos em Marrocos. E depois compramos peixe em Espanha, França, Itália, Grécia, Turquia, EUA, Canadá, África do Sul, Senegal, Gâmbia ou Mauritânia”, adianta o administrador da empresa.
Tudo isto faz com que a Oceanic trabalhe uma média 800 toneladas de peixe por mês, na sua maioria destinado ao mercado nacional, sobretudo para a grande distribuição.
O peixe fresco é o principal negócio da Oceanic, mas a empresa também já fornece congelados a alguns clientes, nomeadamente sardinha, carapau e peixe-espada.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima