EMAS reduz volume de água não facturada

EMAS reduz volume

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja fechou o primeiro semestre de 2019 com um volume de água não facturada de 23,6%, 6,6% abaixo daquela que é a média nacional.
De acordo com o administrador-executivo da EMAS, “esta melhoria, materializada numa redução progressiva, permitiu no mês de Junho o resultado mais baixo de sempre da história da EMAS de Beja, com um valor de 12,3%”.
“A actual percentagem de ANF em Beja está 6,6% abaixo da média nacional, que se encontra nos 30,2%, num distrito onde a média ronda os 48,7%”, acrescenta Rui Marreiros.
O gestor observa que estes números são ainda mais relevantes numa região “onde os efeitos das alterações climáticas já se fazem sentir”, sendo decisivo “implementar as melhores práticas e processos de gestão que permitam reduzir as perdas de água nos sistemas de abastecimento públicos”.
“Neste sentido a EMAS de Beja continuará, com todo o empenho, o seu caminho alinhada com a estratégia de eficiência ambiental na poupança de um recurso vital e consequente maximização na utilização dos recursos financeiros, consolidando a caminho da robustez e da autonomia financeira”, conclui Rui Marreiros.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima