EMAS de Beja inova na leitura de consumos

EMAS de Beja inova

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja está a intensicar o recurso à telemetria, no sentido de proceder de forma mais eficaz, cómoda e segura à leitura de consumos à distância.
De acordo com a empresa, a fase-piloto deste projecto aranca neste mês de Junho e irá abranger um número aproximado de 250 consumidores no Bairro Alemão, “proporcionando o processo de comunicação de leituras da água mais cómodo e seguro”.
“O sistema de telemetria irá permitir a realização da leitura dos contadores de água à distância, solução fundamental para o desenvolvimento de uma cidade sustentável, inteligente e pensada para as pessoas”, explica a EMAS de Beja em comunicado, sublinhando que “uma das vantagens deste sistema é a recolha de leituras de consumo com maior frequência e maior fiabilidade, facto que se traduz numa factura ainda mais preciosa para o consumidor, para além de ser um processo simultaneamente mais cómodo e seguro uma vez que não carece da necessidade de acesso ao interior dos imóveis”.
Neste sentido, a EMAS de Beja salienta igualmente “que o sistema de telemetria a implementar irá permitir não só a detecção de fugas nas redes prediais, como também permitir a parametrização de alarmes para um uso mais eficiente da água na casa do consumidor”.
“A presente fase-piloto irá abranger um número aproximado de 250 consumidores e sustentará o objectivo de uma utilização generalizada deste tipo de equipamentos no futuro”, acrescenta a EMAS de Beja, revelando que sistema a implementar “resulta de uma parceria estratégica” entre a empresa municipal bejense e a HT-Water Manegement Solutions.

Saiba mais sobre a aposta da EMAS de Beja na inovação e na sustentabilidade ambiental no suplemento "EMAS de Beja: Uma Empresa Municipal, Um Século de História", distribuído com a edição de 12 de Junho do "Correio Alentejo"

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima