EDIA investe 37,1 milhões em novo adutor Pisão/ Beja

EDIA investe 37

O adutor Pisão/ Beja, que irá garantir a adução de água à barragem dos Cinco Reis e servir 10.700 hectares de dois blocos do Alqueva, é inaugurado esta terça-feira, 29.
Num comunicado enviado à Agência Lusa, a Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA) explica que o adutor Pisão/Beja representa um investimento de 37,1 milhões de euros, sendo composto por uma estação elevatória, dois reservatórios, uma barragem, duas condutas com uma extensão de cerca de 4.700 metros e uma tomada de água no canal Alvito/ Pisão.
Segundo a EDIA, o adutor, que garante a adução de água à barragem dos Cinco Reis, irá servir os blocos de rega de Beringel/ Beja e de Cinco Reis/ Trindade, que abrangem um total de cerca de 10.700 hectares, dos quais cerca de 5.600 estão em execução e os restantes adjudicados e a aguardar o acto de consignação da obra.
A cerimónia de inauguração do adutor vai decorrer esta terça-feira, a partir das 11h30, na Estação Elevatória do Álamo, situada entre a aldeia de São Brissos e o aeroporto de Beja, e deverá ser presidida pelo ministro da Economia, Pires de Lima, e pela ministra da Agricultura, Assunção Cristas.
De acordo com a EDIA, durante a cerimónia serão assinados os contratos das empreitadas de construção dos blocos de rega de Baronia/ Alvito Alto/ Alvito Baixo e de Roxo/ Sado, que vão implicar um investimento total de 31,42 milhões de euros e irão beneficiar cerca de 5.660 hectares.
Actualmente, dos cerca de 120.000 hectares de regadio do projecto global de Alqueva, 68.000 estão instalados, 20.000 em obra, 20.285 adjudicados, 5.660 são adjudicados na terça-feira e os restantes 4.340 estão em processo de concurso com vista à conclusão do empreendimento no final de 2015.
A conclusão do projecto Alqueva, inicialmente prevista para 2025, foi revista pelo anterior Governo PS para 2015 e, depois, antecipada para 2013.
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, assumiu, entretanto, o compromisso do actual Governo PSD/CDS-PP de concluir o projecto Alqueva em 2015.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima