Edgar Silva quer defender o povo e as regiões do interior

Edgar Silva quer defender

Edgar Silva assumiu que se for eleito Presidente da República vai defender os direitos do povo e dar atenção aos problemas das regiões mais desfavorecidas do país.
O candidato presidencial apoiado pelo PCP andou este sábado, 16, pelo Baixo Alentejo, sendo que em Serpa, num comício com apoiantes, deixou claro que a sua candidatura respeita os valores de Abril e defende as populações.
Um Presidente da República "tem de ter sentido de dignidade e honra em representar o povo. Não pode voltar costas e ficar de costas voltadas para um povo ou uma região, os quais têm afirmado a sua dignidade, mas que, tantas vezes, sentem que o Estado lhe tem virado as costas", disse.
Mais tarde, à hora de jantar, Edgar Silva esteve em Moura, onde no seu discurso assumiu a vontade de ser o "provedor do povo" em Belém e defendeu a Regionalização.
“O Presidente [da República] não é Governo”, mas “deveria estar completamente identificado com o povo, não só ter uma relação de proximidade, mas haveria de ser o primeiro e último provedor do povo do país, aquele em quem o povo, sobretudo quando mais ninguém resolvesse”, sublinhou.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima