Distrito de Beja teve 119 casos de exploração laboral em 2013

Distrito de Beja teve 119 casos

Mais de 60% dos casos de exploração laboral registados em 2013 pelo SEF foram identificados no Baixo Alentejo, com um total de 119 casos encontrados no distrito de Beja.
Os dados constam do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), sendo que e acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras no distrito de Beja foram encontrados 119 casos de exploração laboral, mais concretamente nos municípios de Ferreira do Alentejo (72), Beja (32) e Serpa (15), sinalizações associadas principalmente à exploração laboral na agricultura.
No relatório consta mesmo o caso de uma operação de inspecção e fiscalização a uma herdade agrícola na zona de Beja, onde foram identificados 29 cidadãos romenos vítimas de exploração laboral.
“Foi possível apurar que os documentos de identificação destes cidadãos haviam sido retirados pela entidade patronal, que viviam em condições precárias e de elevada insalubridade”, lê-se no relatório.
Conta ainda que “as vítimas foram mantidas em regime de subjugação com base numa falta de meios decorrente da ausência de pagamento e da servidão das dívidas que entretanto foram contraindo para obterem bens alimentares (vendidos a preços inflacionados pelos exploradores)”.
Os 119 casos de exploração laboral identificados no Alentejo constituem mais de 60% do total de 198 vítimas identificadas em 2013 pelo SEF.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima