“Diário do Alentejo” tem novo director

“Diário do Alentejo”

O jornalista Luís Godinho, que actualmente exerce funções de correspondente da SIC em Évora, é o novo director do “Diário do Alentejo”, substituindo no cargo o jornalista Paulo Barriga, que dirigia o semanário desde 2011.
A nova direcção do “DA” foi confirmada nesta segunda-feira, 14, pelo conselho intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), proprietária do jornal, depois de em reunião ordinária ter sido aprovado o projecto de decisão final e a respectiva minuta do contrato respeitante ao concurso público “Aquisição de Serviços para a Direção do jornal ‘Diário do Alentejo’”.
Em comunicado, a CIMBAL lembra que a prestação de serviços para assegurar a direcção do jornal por parte de Paulo Barriga “cessou no final do ano de 2018”, sendo que o actual titular do contrato “não poderia ser ‘reconduzido’ através de ajuste directo ou sequer de consulta prévia”.
“Não podem ser convidadas a apresentar propostas as entidades às quais a entidade adjudicante já tenha adjudicado, no ano económico em curso e nos dois anos económicos anteriores, na sequência de consulta prévia ou ajuste directos adoptados, propostas para a celebração de contratos cujo preço contratual acumulado seja igual ou superior aos limites referidos naquelas alíneas”, justifica a CIMBAL.
Nesse sentido, a Comunidade Intermunicipal aprovou, a 10 de Dezembro, o lançamento de um concurso público para o cargo, tendo sido “estabelecido o valor do preço base (preço máximo que a entidade adjudicante se dispõe a pagar pela execução de todas as prestações que constituem o objecto do contrato a celebrar) que, de acordo com a Lei que aprovou o Orçamento de Estado para 2018, não podia ultrapassar o valor gasto na prestação de serviços similar que havia decorrido”.
“Neste procedimento foi estabelecido o montante de 99.000 euros, ao qual acresce o IVA, pelo período máximo de três anos (33.000 euros/ano + IVA)”, revela a CIMBAL.
No comunicado, a Comunidade Intermunicipal adianta que no período de apresentação de propostas, na plataforma AcinGov, “foi apenas submetida uma proposta” do concorrente Luís Godinho, “a qual respeitou os requisitos do caderno de encargos e do programa de concurso”. Foi ainda “recepcionada uma mensagem de correio electrónico de Paulo Jorge da Silva Barriga, no dia 27 de Dezembro, na qual explicava que não havia conseguido submeter a sua proposta na plataforma, em tempo útil, por falta de assinatura electrónica”, acrescenta a CIMBAL.
O júri do concurso reuniu a 3 de Janeiro, “tendo concluído que a proposta recepcionada na plataforma AcinGov cumpria todos os requisitos e critérios estabelecidos, propondo a sua aceitação”, o que sucedeu nesta segunda-feira, 14, em reunião ordinária do conselho intermunicipal, continua a CIMBAL.
Luís Godinho vai ser o director do “DA” a partir do dia 1 de Fevereiro de 2019, “pelo período de 12 meses, com possibilidade de mais duas renovações”, conclui a CIMBAL.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima