Detidos por tráfico de droga em Ourique e Cabeça Gorda

Detidos por tráfico de droga

Dois homens, um de 49 anos e outro de 40, foram detidos nos últimos dias pela GNR em Santana da Serra (Ourique) e em Cabeça Gorda (Beja) pelas práticas dos crimes de cultivo e tráfico de estupefacientes.
Em Santana da Serra o suspeito, de 49 anos, foi detido na passada sexta-feira, 12, na sequência de uma investigação por cultivo de cannabis que decorria há cerca de duas semanas.
Fonte da GNR adianta ao “CA” que no âmbito da investigação foram efectuadas três buscas domiciliárias, tendo sido apreendidas 82 plantas de cannabis “em vários estados de crescimento, devidamente cuidadas e regadas”, além de 197 vasos utilizados no cultivo, 19 sementes de cannabis e 195 gramas de liamba.
A GNR apreendeu igualmente duas facas do mato, um sabre, um canivete, um x-acto, um machado, um taco de golf, uma arma de caça submarina com arpão, quatro sacas de fertilizante para plantas, dois tabuleiros preenchidos com 138 algodões de germinação de sementes, 11 armadilhas para captura de aves, três sacos de substrato, dois pulverizadores, três frascos de fertilizante e crescimento ecológico, dois compressores, um vaso com sementes de cannabis a germinar e outro contendo um caule de uma planta de cannabis, dois serrotes e um alicate de corte.
Também foram apreendidos dois ciclomotores (ambos sem chapas de matrícula), três conjuntos de chapas de matrículas de diferente numeração e de origem alemã, e uma antena transmissora.
O suspeito foi constituído arguido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Ourique.
Já na Cabeça Gorda a detenção de um homem de 40 anos aconteceu no domingo, 14, por suspeitas da prática do crime de tráfico de estupefacientes.
Fonte da GNR explica que “na sequência de uma denúncia de desacatos numa residência, os militares deslocaram-se ao local onde verificaram que o suspeito tinha na sua posse 58 doses de haxixe, o que culminou na sua detenção e na apreensão do produto estupefaciente”.
O detido, com antecedentes criminais pelo crime de violência doméstica, foi constituído arguido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Beja.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima