Desemprego causa muita preocupação ao presidente da Junta de Panóias

Desemprego causa muita preocupação ao presidente da Junta de Panóias

Em tempo de crise os números nacionais do desemprego disparam e Panóias não é excepção.
Na pequena vila do concelho de Ourique são cada vez mais as famílias com um ou mais elementos sem trabalho certo, o que causa uma enorme “dor de cabeça” ao presidente da Junta de Freguesia local.
“Isto está muito difícil, há muito desemprego e as pessoas têm algumas dificuldades. E isso é uma grande preocupação para mim”, afirma ao “CA” Luís Martins, de 50 anos, afiançando que o esforço da edilidade em garantir, juntamente com o Centro de Emprego de Ourique, alguns estágios para os mais novos não tem conseguido atenuar o problema.
“O Alentejo tem sido sempre abandonado por todos os governos e cada vez mais nós alentejanos sofremos isso na pele”, acrescenta o autarca eleito pelo PSD.
Este problema é agudizado pela cada vez menor capacidade financeira da Junta de Freguesia de Panóias.
Uma realidade que Luís Martins lamenta e com a qual justifica a pouca obra feita neste último mandato, iniciado em 2009.
“Temos feitos algumas coisas, mas tudo coisitas pequenas. Arranjámos alguns lancis e fizemos alguns passeios. Temos também tentado manter todos os equipamentos da Junta de Freguesia, de modo a que estes não se degradem. E ainda fizemos a restauração da igreja, que custou entre oito a dez mil euros”, revela.
A pouco mais de um ano de dizer “adeus” à presidência da Junta de Freguesia de Panóias, Luís Martins não esconde que este tem sido um mandato “muito complicado”, porventura o mais complicado desde que foi eleito pela primeira vez.
Ainda assim, garante que vai sair de consciência tranquila e com a sensação de “dever cumprido”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima