Deputado do PS reuniu com bombeiros de Beja

Deputado do PS reuniu

O novo sistema de transporte de doentes não urgentes criado pelo Governo está a criar algumas dificuldades aos cidadãos, adianta o deputado do PS eleito por Beja.
Luís Pita Ameixa reuniu na segunda-feira, 17, com o presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Beja, Rodeia Machado, que na ocasião transmitiu uma imagem geral positiva da vida e da situação presente da instituição, destacando igualmente as dificuldades que o novo sistema de transporte de doentes não urgentes, recentemente alterado pelo Governo, veio criar no acesso aos serviços de saúde para muitos cidadãos.
Segundo Ameixa, as dívidas de particulares à associação têm vindo a aumentar, fruto da nova legislação.
“As pessoas, por necessidade, recorrem ao transporte e como o SNS não comparticipa e não conseguem pagar, donde resulta a dívida perante os Bombeiros de Beja”, vinca o deputado do PS, para quem as novas regras “são desadequadas e injustas, carecendo de revisão”.
“Caso contrário, poderá agravar-se a acessibilidade dos doentes aos serviços de saúde sempre que para tal careçam de transporte”, afirma.
Durante a reunião com a direcção dos Bombeiros Voluntários de Beja, o deputado do PS ficou ainda par da preocupação da corporação por ainda não dispor de uma equipa de intervenção permanente – que deveria ser suportada pela Autoridade Nacional de Proteção Civil e pela autarquia – e por “alguma disfunção que nota nas relações de comandância com a organização distrital das operações de socorro”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima