Deputado do PS quer troço Beja-Casa Branca modernizado

Deputado do PS quer troço

O deputado do PS eleito pelo distrito de Beja defende a modernização do troço ferroviário entre a capital da região, Beja, e a localidade de Casa Branca, no âmbito do Programa Nacional de Investimentos (PNI 2030).
Em requerimento apresentado na Assembleia da República e enviado ao “CA”, Pedro do Carmo lembra que “não há nação sem território, mas também não há nação sem pessoas nos territórios”, considerando que o início da discussão pública do Programa Nacional de Investimentos (PNI 2030) nos termos divulgados pela edição de 19 de Junho do jornal “Público” constitui uma “inaceitável violação do espírito do programa de Governo [do PS] e do discurso político que tem sido enunciado ao longo da legislatura da valorização do Interior como activo nacional”.
“O Baixo Alentejo, por impulso do Alqueva e de uma crescente e ampliada capacidade produtiva regional, é hoje um contribuinte líquido para o crescimento da economia nacional, para a dinamização de um território do Interior e para a concretização de razões para a crença fundamentada num futuro para a região”, sustenta o eleito do PS, recordando que num território como o Baixo Alentejo “a mobilidade assume uma relevância fundamental”, criticando a exclusão da electrificação da linha Beja-Casa Branca do PNI 2030.
Tudo isto leva Pedro do Carmo a questionar sobre “como pretende o Governo conciliar o discurso e o compromisso político de valorização do Interior com esta exclusão inicial das necessidades e das ambições ferroviária do Baixo Alentejo no quadro das perspectivas de investimento para 2030”.
O deputado do PS quer ainda sabre se o Governo está “aberto a proceder a uma redefinição dos projectos no âmbito da discussão pública agora iniciada, integrado a modernização ferroviária do troço entre Beja e Casa Branca no elenco de investimentos para o médio e o longo prazo” e, também, “qual o calendário concreto para a concretização de medidas de mitigação dos problemas registados no serviço público ferroviário no Baixo Alentejo, em especial na ligação entre Beja e Lisboa”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima