D. João Marcos: “Não sou um bispo tradicional”

D. João Marcos: “Não sou um bispo tradicional”

João Marcos assumiu as funções de bispo de Beja em Novembro de 2016 e assume que não é “um bispo tradicional”.
“Aquilo que gosto é do contacto com as pessoas”, garante o prelado, actualmente com 70 anos, e que chegou à Diocese de Beja como bispo co-adjutor em Novembro de 2014, por nomeação do Papa Francisco.
Antes desempenhava os cargos de director espiritual dos seminários Maior de Cristo-Rei e "RedemptorisMater", ambos no Patriarcado de Lisboa. Natural da Guarda, D. João Marcos frequentou os seminários do Patriarcado de Lisboa, na década de 60 e 70, sendo ordenado sacerdote a 23 de Junho de 1974 pelo então cardeal-patriarca D. António Ribeiro.
Além do curso teológico no Instituto Superior de Estudos Teológicos do Patriarcado, o agora bispo de Beja frequentou também o curso de pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. A pintura é algo que continua a fazer, tendo instalado um pequeno atelier na casa episcopal, onde podem ser vistas muitas das suas obras.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima