D. João Marcos: “Não sou um bispo tradicional”

D. João Marcos: “Não sou um bispo tradicional”

João Marcos assumiu as funções de bispo de Beja em Novembro de 2016 e assume que não é “um bispo tradicional”.
“Aquilo que gosto é do contacto com as pessoas”, garante o prelado, actualmente com 70 anos, e que chegou à Diocese de Beja como bispo co-adjutor em Novembro de 2014, por nomeação do Papa Francisco.
Antes desempenhava os cargos de director espiritual dos seminários Maior de Cristo-Rei e "RedemptorisMater", ambos no Patriarcado de Lisboa. Natural da Guarda, D. João Marcos frequentou os seminários do Patriarcado de Lisboa, na década de 60 e 70, sendo ordenado sacerdote a 23 de Junho de 1974 pelo então cardeal-patriarca D. António Ribeiro.
Além do curso teológico no Instituto Superior de Estudos Teológicos do Patriarcado, o agora bispo de Beja frequentou também o curso de pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. A pintura é algo que continua a fazer, tendo instalado um pequeno atelier na casa episcopal, onde podem ser vistas muitas das suas obras.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Beja celebra feriado municipal

A Câmara de Beja promove nesta quinta-feira “de Ascensão”, 26 de maio, uma série de atividades no Parque da Cidade e uma cerimónia no Teatro

Role para cima