"Correio Alentejo" passa a ter edição quinzenal

"Correio Alentejo" passa

O jornal “Correio Alentejo” passa a ter edição quinzenal a partir desta sexta-feira, 14, depois de em Setembro de 2012 ter passado de semanal a mensal devido à crise.
“O difícil período de crise que afectou o sector não está superado”, mas a manutenção da periodicidade mensal “encerra riscos que precisamos de travar”, explica a administração da Jota CBS, proprietária do jornal.
Com a nova periodicidade, o jornal pretende “ganhar um novo impulso”, o que “poderá ser alcançado com uma periodicidade mais baixa”, como a quinzenal, e “com um novo posicionamento geográfico, que vai emprestar maior proximidade entre conteúdos e leitores”.
O “Correio Alentejo”, que mudou a redacção de Beja para Castro Verde em Fevereiro de 2013, centra os seus conteúdos nos concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Beja, Castro Verde, Ferreira do Alentejo, Mértola e Ourique.
Na sua primeira edição como quinzenário, o “Correio Alentejo” dá destaque ao impasse directivo no Lar Jacinto Faleiro, de Castro Verde, e ao processo que a Câmara de Ferreira do Alentejo vai interpor contra o Estado relativamente à paragem das obras na A26.
Os 25 anos da Esdime, as obras de requalificação do quartel dos Bombeiros de Aljustrel e uma entrevista ao secretário de Estado da Agricultura são outros dos destaques na edição do “CA” desta sexta-feira, 14, que já está nas bancas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima