Concelho de Beja com recolher obrigatório

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A partir desta segunda-feira, 9, a população do concelho de Beja vai estar obrigada a recolhimento obrigatório das 23h00 às 5h00 nos dias de semana e das 13h00 às 5h00 aos fins-de-semana. Esta é uma das novas medidas do Estado de Emergência aplicada a Beja e aos restantes 120 concelhos portugueses identificados como de “risco elevado” de transmissão da Covid-19 e anunciadas no sábado, 7, pelo Governo.
A proibição de circulação na via pública nos horários em questão é uma das medidas definidas, sendo admitidas excepções como deslocações a trabalho, regresso ao domicílio, situações de emergência, passeio higiénico na proximidade da habitação ou o passeio de animais de estimação, entre outras.
Outra das novas medidas que entram em vigor nesta segunda-feira é a possibilidade de realizar medições de temperatura corporal por meios não invasivos no acesso a locais de trabalho, estabelecimentos de ensino, meios de transporte, espaços comerciais, culturais e desportivos.
A partir de hoje podem também ser exigidos testes de diagnóstico para a Covid-19 no acesso a estabelecimentos de saúde, estruturas residenciais, estabelecimentos de ensino, estabelecimentos profissionais na entrada e na saída de território nacional (por via aérea ou marítima) e outros locais, por determinação da DGS.
As medidas definidas pelo Governo prevêem ainda a possibilidade de requisitar recursos, meios e estabelecimentos de saúde dos sectores privado e social, “após tentativa de acordo e mediante justa compensação”, assim como a mobilização de recursos humanos “para reforço da capacidade de rastreamento”.
A par destas, mantém-se as medidas já em vigor nos 121 concelhos de “risco elevado” de contágio, nomeadamente o dever cívico de recolhimento domiciliário, a obrigatoriedade do tele-trabalho e a realização de eventos e celebrações limitados a cinco pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar

Opinião

Carlos Pinto

22 de Janeiro, 2021

O Nosso pior pesadelo!

Napoleão Mira

22 de Janeiro, 2021

Ditadura das pessoas de bem

Carlos Pinto

8 de Janeiro, 2021

Entrar em 2021 de “pé esquerdo”

Vítor Encarnação

8 de Janeiro, 2021

Casa do Alentejo

Carlos Pinto

18 de Dezembro, 2020

Pessimismo ou optimismo?

Napoleão Mira

18 de Dezembro, 2020

Um conto de Natal quase verdadeiro

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima