Comunistas fazem criticas fortes à gestão do PS na Câmara de Beja

Comunistas fazem criticas fortes à gestão do PS na Câmara de Beja

A CDU acusou esta semana o executivo PS da Câmara de Beja de prejudicar o concelho ao arrastar projectos da anterior gestão comunista com a "intenção deliberada" de os concluir próximo do final do mandato e das eleições autárquicas.
O "meio mandato" do PS "à frente" da Câmara de Beja corresponde a "dois anos de prejuízo para o concelho", disse Bernardo Loff, da concelhia de Beja da CDU e também presidente da Assembleia Municipal do concelho.
Trata-se de "dois anos de prejuízo" porque "a maioria PS não só não tem correspondido às expectativas e às promessas feitas na campanha eleitoral como não esteve interessada em levar por diante um conjunto de projectos da anterior gestão que estava já em desenvolvimento”, tendo ainda “arrastado outros de forma inexplicável", justificou.
Confrontado com as acusações da CDU, o presidente da Câmara de Beja, Jorge Pulido Valente, escusou-se a reagir às acusações da CDU, referindo que não comenta “balanços feitos por outros" – "Oportunamente, iremos fazer o nosso próprio balanço", limitou-se a acrescentar o autarca.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima