Comerciantes esperam Natal positivo em Castro e Aljustrel

Comerciantes esperam Natal

Com o Natal à porta é cada vez maior a azáfama no comércio local e em Castro Verde e Aljustrel os comerciantes esperam que estes dias sejam positivos para os seus negócios.
É o caso de Francisco Chaves, proprietário da Modas Maryzé, loja de vestuário multimarcas presente em Castro Verde, Aljustrel e Beja.
“Espero vender mais este mês de Dezembro que em Dezembro de 2013. Há sinais nesse sentido, pois as pessoas estão a procurar”, revela ao “CA” o empresário de Castro Verde, notando que com a crise as pessoas se tornaram mais “racionais” na hora de fazer compras.
“Há uma tendência para um consumo mais racional. E há um raciocínio no consumo para este ser mais moderado, mais calmo, mais objectivo… Na prática, um consumo mais inteligente”, acrescenta.
O Natal anda no ar e parece que também já se sente aos balcões do comércio local.
Essa é, pelo menos, a opinião que Francisco Chaves partilha com Maria José Rosa, proprietária da Ourivesaria Rosa, no centro de Castro Verde.
“Já se nota um pouco mais de movimento. Em relação aos outros anos, parece que o Natal começou mais cedo”, diz a empresária, que espera dias ainda mais movimentados na véspera da noite da Consoada.
“Tenho esperança que o cliente chegue perto do Natal, leve um ‘abanão’ e comece a vir ainda mais às lojas do comércio local”, acrescenta.
Tal como em Castro Verde, também a época natalícia vai alegrando os comerciantes de Aljustrel.
“Já se nota o Natal! Na minha loja, em relação ao ano passado, os números estão mais ou menos iguais. Para não dizer um bocadinho melhor! Mas só na véspera de Natal é que podemos fazer um apanhado geral. Mas até agora não está pior”, admite Bárbara Cipriano, proprietária da Bom Tom, loja de vestuário infantil.
Também optimista quando à época de Natal está Nélia Coelho.
“Nestes dias antes do Natal, por norma, isto mexe sempre um bocadinho. É uma questão de aguardar”, conta a sorrir a proprietária da livraria-papelaria ABC, no centro da vila mineira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima