Colt Resources descobre mais ouro no Alentejo

Colt Resources descobre

A empresa canadiana Colt Resources anunciou ter descoberto uma “nova zona significativa de ouro” sob o depósito de Chaminé, na concessão da Boa-Fé, no concelho de Évora, onde está a realizar prospecções.
A Colt Resources diz ter descoberto “uma nova zona significativa de ouro sob o depósito de Chaminé”, além de ter “interceptado diversas áreas ricas em ouro mais perto da superfície”, não só naquele depósito, mas igualmente no de Casas Novas, ambos na concessão da Boa-Fé.
“Os testes efectuados sob o depósito de Chaminé, enquadrado na concessão de Boa-Fé, comprovam a existência de mineralização de ouro localizada centenas de metros abaixo do depósito”, revela a empresa, num comunicado enviado à Agência Lusa.
Segundo o presidente e chief executive officer (CEO) da Colt Resources, Nikolas Perrault, estes resultados “comprovam a existência de mineralização de ouro a cerca de 200 metros abaixo do depósito de Chaminé”.
Os mesmos resultados, acrescentou, “reforçam a convicção”, por parte da empresa, “da existência de uma forte mineralização de ouro com um grande potencial em Boa-Fé e Montemor”.
O responsável máximo da empresa canadiana referiu ainda que o plano de perfuração no depósito de Chaminé “foi concebido para testar o modelo conceptual ‘stacked system’” da Colt Resources.
A empresa canadiana tem estado a realizar campanhas de prospecção de ouro na concessão da Boa-Fé e na área de Montemor-o-Novo, mas já admitiu ser possível começar a construção de uma mina daquele metal precioso no próximo ano, para iniciar a extracção em 2014.
A Colt tem outros projectos de exploração de minérios em Portugal, incluindo os de Armamar (tungsténio) e Penedono (ouro).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima