Câmara de Serpa contra proposta de reorganização administrativa do concelho

Câmara de Serpa contra proposta de reorganização administrativa do concelho

A Câmara de Serpa é “totalmente contra” a proposta de reorganização administrativa do concelho, o qual, considera, “está harmonizado em termos administrativos” e, por isso, não é equacionável qualquer alteração que o Governo pretenda fazer.
Segundo a proposta da Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território, o concelho irá passar das actuais sete freguesias para apenas cinco, mantendo três (Brinches, Pias e Vila Nova de São Bento) e agregando as restantes quatro em duas uniões de freguesias.
O Município repudia a reorganização administrativa do território, porque “não resolve, em nada, os problemas económicos nacionais e é contrária aos interesses das populações”, é “prejudicial ao desenvolvimento do país” e vai “contribuir ainda mais para a destruição do poder local”.
A reorganização administrativa do território, frisa, “vai dificultar ainda mais o acesso aos serviços públicos, sobretudo quando se trata de populações idosas, com pouca mobilidade e poucos recursos económicos”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima