Câmara de Aljustrel preocupada com "vazio directivo" nos bombeiros voluntários locais

Câmara de Aljustrel preocupada com "vazio directivo" nos bombeiros voluntários locais

Continuar a gerir a associação "da melhor forma possível" e procurar, "por todos os meios, gerar os consensos necessários ao surgimento de uma lista candidata aos órgãos sociais" foi o compromisso assumido durante a reunião mantida no final da passada semana entre o presidente da Câmara de Aljustrel e alguns dos responsáveis pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da vila mineira (AHBVA).
O encontro, solicitado pela autarquia, realizou-se na sequência da situação de vazio directivo que se verifica na associação e segundo fonte municipal teve por objectivo "estudar conjuntamente soluções para os problemas que se verificam nesta instituição de interesse público".
Da reunião "resultou o compromisso de continuar a gerir a associação da melhor forma possível e de procurar, por todos os meios, gerar os consensos necessários ao surgimento de uma lista candidata aos órgãos sociais da AHBVA, ultrapassando-se, assim, uma situação que insustentável que coloca em causa o bom funcionamento desta instituição, com um papel indispensável à protecção das nossas populações", acrescenta a mesma fonte.
Durante a reunião, continua, "foram igualmente analisadas e discutidas as más condições em que se encontra o edifício sede da AHBVA, que alberga também o quartel dos bombeiros, fruto da ausência de intervenções de conservação ao longo dos anos, situação que condiciona de forma muito substancial o trabalho dos bombeiros e restantes funcionários da instituição".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima