CM Marvão desafia empresários a criarem associação turística

CM Marvão desafia empresários

A Câmara de Marvão desafiou os empresários locais para constituírem uma associação de promoção turística do concelho, com o objectivo de estimular a economia e atrair turistas, sobretudo espanhóis.
“Eu acredito que a união faz a força. Nós temos mais força se actuarmos em conjunto nesta área, que é muito importante”, disse o presidente do Município, Vítor Frutuoso, em declarações à Agência Lusa.
Depois de reunir com empresários e agentes turísticos do histórico concelho, o autarca considerou que, se for criada a “Associação Turística de Marvão”, os agentes vão ter mais “facilidade” em ter acesso a fundos comunitários e à candidatura de projectos para desenvolver o sector na zona.
“É uma situação totalmente diferente daquela que se apresenta agora, cada um a trabalhar para seu lado”, justificou.
Vítor Frutuoso lamentou, por outro lado, que o concelho viva de forma “limitada” por estar inserido numa zona de área protegida, rede ecológica nacional e em rede natura [em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede], situação que, por vezes, “condiciona” o trabalho da autarquia.
Após a criação da associação, segundo Vítor Frutuoso, o seu trabalho deverá passar pela criação de um plano de actividades, realização de encontros entre empresários e desenvolver parcerias com a câmara, definindo ainda um calendário anual de eventos que proporcione o aumento do fluxo turístico.
Durante a reunião do município com os empresários do concelho, foram ainda lançados outros desafios, como a criação de uma “Rotas das Tapas” ou a criação de um roteiro gastronómico aliado a visitas turísticas pelos locais mais emblemáticos da zona.
Em paralelo, a Câmara de Marvão espera promover, anualmente, duas exposições consideradas de “referência” e encetar diligências no sentido de alargar as parcerias com o vizinho município espanhol de Valência de Alcântara (Cáceres).
A promoção do concelho em Espanha é um dos objectivos que a Câmara de Marvão espera continuar a desenvolver, estando a estudar a possibilidade de promover acções publicitárias dos seus eventos, através de uma parceria com três rádios da província de Cáceres.
“No interior dos interiores, temos de começar a pensar que temos de ir procurar parceiros e abrir caminhos, no sentido de criarmos riqueza. Espanha é um mercado que temos aqui ao lado e esse mercado é bastante importante”, disse.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima