CM Beja contra saída do helicóptero do INEM

CM Beja contra saída

A Câmara de Beja lamenta que o helicóptero do INEM que estava colocado na Base Aérea 11, na cidade, tenha sido transferido para ao Aeródromo Municipal de Évora.
Em comunicado, a autarquia liderada por João Rocha contesta o facto de o INEM não ter promovido com as entidades e autoridades locais – nomeadamente a CIMBAl ou os bombeiros Voluntários – um encontro, “de modo a tentar encontrar soluções para os problemas que alega”, antes de tomar uma decisão que afecta gravemente as populações da região.
“Da mesma forma que, anos atrás, estas entidades tiveram um papel decisivo para a localização deste helicóptero na Base Aérea de Beja, hoje teriam, decerto, alguma capacidade negocial para, em conjunto com a Base Aérea com quem mantêm excelentes relações, encontrar uma solução para a permanência deste importante recurso no concelho e na região”, afirma a autarquia.
Para a Câmara de Beja, a retirada deste helicóptero da cidade, com a centralidade que esta apresenta, “constitui mais um grave prejuízo para a população que já há anos se vê espoliada de meios e serviços, deslocalizados para Évora”.
“Defendemos antes um reforço de meios, abrangendo estas duas regiões, ao invés da redução, prejudicando sempre o Baixo Alentejo”, conclui o comunicado da autarquia.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima