CM Aljustrel quer manter escola de Rio de Moinhos

CM Aljustrel quer manter

A Câmara de Aljustrel solicitou ao Ministério da Educação que mantenha a funcionar a Escola Básica (EB1) do primero ciclo de de Rio de Moinhos no ano lectivo de 2016-2017.
Na carta enviada esta terça-feira, 12, à secretária de Estado adjunta e da Educação, o executivo liderado pelo socialista Nelson Brito argumenta que no próximo ano lectivo estarão matriculados em Rio de Moinhos 16 alunos no primeiro ciclo (mais três alunos que em 2015-2016) e 13 no pré-escolar, além de não existirem “condições para garantir os transportes dos alunos desta localidade para o Centro Escolar na sede do concelho”.
A autarquia sublinha igualmente que a EB1 de Rio de Moinhos “reúne condições para o desenvolvimento da actividade lectiva” e que a “transferência de uma nova turma para o Centro Escolar de Aljustrel, por ausência de salas disponíveis, obrigaria à criação de mais uma turma de primeiro ciclo, que teria que funcionar fora do Centro Escolar, mais concretamente na EB 2,3 de Aljustrel”.
“Caso esta solicitação volte a ser bem acolhida pelo Ministério da Educação, à semelhança do que aconteceu nos dois últimos anos letivos, evita-se o deslocamento de crianças de tenra idade e o encerramento de mais uma instituição numa localidade que, nos últimos anos, tem sofrido com a falta de atenção do Estado Central, que tem vindo a privá-la de vários serviços públicos de proximidades, incluindo a sua Junta de Freguesia, extinta em 2013”, vinca ao “CA” o presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima