CIMBAL acusa Governo de não transferir verbas

CIMBAL acusa Governo

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (Cimbal) acusa o Governo de dever à instituição as verbas do Orçamento do Estado relativas a Janeiro e Fevereiro.
"O Governo, através da Direcção Geral das Autarquias Locais (DGAL), já devia ter procedido às transferências dos meses de Janeiro e Fevereiro para a Cimbal", o que ainda não aconteceu, refere a instituição em comunicado enviado à Agência Lusa.
A "falha" nas transferências "está a colocar sérios problemas de tesouraria e financeiros" à Cimbal, "porque afecta, sobretudo, o pagamento dos salários dos trabalhadores", lamenta a instituição.
"Esta falha no compromisso do Governo perturba a vida dos trabalhadores e da própria Cimbal, o que não pode acontecer", lamenta a instituição, referindo que DGAL informou que iria efectuar a transferência das verbas relativas aos "dois meses em dívida" até ao final da semana passada, o que ainda não aconteceu.
Durante esta semana, refere a instituição, "apesar das inúmeras insistências telefónicas, sem êxito, ainda não foi possível chegar à fala" com a DGAL, "o que se traduz numa enorme falta de respeito pela Cimbal".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima