Cerci Portalegre vai ter novas instalações

Cerci Portalegre vai

A CERCI de Portalegre vai abandonar, em Março, o edifício degradado que ocupa há vários anos para se instalar num espaço que pertenceu à Diocese de Portalegre e Castelo Branco.
“No final do mês de Março, devemos estar nas novas instalações. Vamos para um edifício que pertenceu à diocese, num bairro da cidade e que servia para acolher e proteger mães solteiras”, diz o presidente da instituição, João Bonacho, em declarações à Agência Lusa.
Com mais de 40 utentes e cerca de 30 funcionários, a CERCI (Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados) de Portalegre está há vários anos instalada numa ala do Convento de São Francisco, edifício degradado situado no centro daquela cidade alentejana.
“O edifício está degradado. Num dia de chuva e de frio não se pode lá estar. Estamos lá nós, que aguentamos o máximo que podemos”, diz João Bonacho.
De acordo com este responsável, a transferência só foi possível através de um contrato assinado entre a Segurança Social e a Diocese de Portalegre e Castelo Branco.
O presidente da CERCI de Portalegre indica que o edifício está a ser alvo de “pequenas obras” de adaptação para acolher os utentes.
“Esta transferência é uma excelente notícia, depois de termos estado num espaço sem condições”, acrescenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima