Centro de Experimentação do IPBeja apoia agricultura

Centro de Experimentação

Com o sector mais industrializado e tecnológico, a agricultura do Baixo Alentejo conta com o importante “apoio” do Centro de Experimentação Agrícola (CEA) do IPBeja.
Criado em 1995 e ligado ao Departamento de Biociências da Escola Superior Agrária (ESAB), o CEA dedica-se à experimentação e demonstração, através de diversos ensaios de campo em técnicas culturais, fertilização ou densidades e datas de sementeiras.
“A principal razão da existência deste centro é fazer estes trabalhos e passar esta informação para os agricultores”, explica ao “CA” Manuel Patanita, docente e responsável pelo CEA.
Sendo um espaço de investigação aplicada, o centro serve igualmente para a realização de inúmeros projectos com apoio comunitário e que juntam o Politécnico de Beja a outras entidades nacionais e estrangeiras, assim como para prestar serviços a empresas ligadas à agro-indústria.
O papel do Centro de Experimentação Agrícola não se esgota, contudo, no apoio à comunidade agrícola em geral, dado ser também uma importante mais-valia para a formação ministrada na ESAB, nomeadamente a licenciatura em Agronomia.
“É benéfico para o curso, é benéfico para os alunos, é benéfico para o ensino e para a aprendizagem, inclusivamente é benéfico para os docentes”, sublinha o coordenador da licenciatura em Agronomia, José Ferro Palma.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima