CDU quer revelar contas da CM Beja no início do mandato

CDU quer revelar contas da

O candidato da CDU à Câmara de Beja promete divulgar a situação financeira da autarquia logo no início do mandato, caso seja eleito no próximo domingo, 29 de Setembro.
"Chegando à câmara, a primeira coisa que faço é uma reunião com os trabalhadores e, depois, divulgar, efectivamente, qual é a situação financeira da câmara", disse à Agência Lusa João Rocha, durante uma acção de campanha em Beja.
Segundo João Rocha, é "efectivamente estranho" que a presidência PS recuse revelar oficialmente a dívida total da autarquia, porque "há coisas que deviam ser divulgadas, nomeadamente a dívida a fornecedores".
João Rocha falava durante uma visita ao Parque Industrial de Beja, que serviu para visitar empresas instaladas na zona e entregar a empresários e trabalhadores a carta de compromisso eleitoral da CDU para a corrida eleitoral à liderança da Câmara.
O candidato comunista prometeu requalificar o Parque Industrial de Beja, criar uma bolsa de terrenos disponíveis e tornar o atendimento da autarquia "muito rápido e eficaz" para a instalação de empresas.
Na reunião da Câmara de Beja do passado dia 28 de Agosto, os vereadores da oposição CDU pediram dados relativos às contas da autarquia actualizados a Agosto deste ano, os quais o PS ainda não disponibilizou oficialmente.
Na segunda-feira, 23, o presidente da Câmara de Beja, Jorge Pulido Valente, que se recandidata a um segundo mandato pelo PS, disse que os dados "serão fornecidos a seu tempo", reafirmou que reduziu em 11 milhões de euros a dívida da autarquia e desafiou os adversários a provar que tal não é verdade.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima