CDS-PP lamenta falta de acordo com PSD para coligações em Évora

CDS-PP lamenta falta de acordo

O presidente da Distrital de Évora do CDS-PP, João Maria Festas, lamenta a ausência de acordo com o PSD para a formação de coligações no distrito nas próximas autárquicas, mas os sociais-democratas garantem que não as inviabilizam.
“Recebemos um documento do PSD a dizer que não aceita coligações” com o CDS-PP no distrito de Évora, diz o dirigente democrata-cristão, em declarações à Agência Lusa.
Contactado pela Lusa, o presidente da distrital de Évora do PSD, António Costa da Silva, confirma que “não existe nenhum acordo com a distrital do CDS-PP para o distrito de Évora”, mas sim “algumas manifestações de vontade por parte de algumas secções”.
“Formalmente não há nada”, vinca o dirigente social-democrata, assegurando, contudo, que a Distrital de Évora do PSD “não irá inviabilizar quaisquer intenções de coligação que possam surgir nalgumas secções”.
Segundo João Maria Festas, a Distrital de Évora do CDS-PP, apesar de estar disponível para coligações em todo o distrito, propôs coligações nos concelhos de Vendas Novas, Évora, Estremoz, Vila Viçosa, Redondo e Mourão.
Estes concelhos “eram fundamentais, porque, nas últimas eleições legislativas, a soma dos votos do PSD e do CDS-PP dava maioria à coligação”, realça.
Segundo o líder da distrital do CDS-PP, a sua proposta previa que os cabeças-de-lista em Évora, Estremoz, Vendas Novas e Mourão fossem escolhidos pelos PSD, ficando “o CDS-PP com Redondo e Vila Viçosa”.
Contudo, “o PSD não concordou”, refere o responsável, considerando que o facto de não existirem coligações PSD/CDS-PP no distrito de Évora “é péssimo” para Alentejo e para os dois partidos.
“Temos de fazer o nosso caminho sozinhos”, lamenta.
O PSD já anunciou candidatos às câmaras municipais de Évora, Vendas Novas, Mourão, Borba e Alandroal, enquanto o CDS-PP ainda não revelou quaisquer cabeças-de-lista no distrito de Évora.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima