Castro Verde recebe Encontro de violas de Arame

Castro Verde recebe

As “violas de arame” vão estar em destaque no fim-de-semana em Castro Verde, durante o encontro promovido pela Associação de Cante Alentejano “Os Cardadores” da Sete.
A iniciativa decorre este sábado e domingo, dias 27 e 28, e integra o programa da Quinzena Cultural “Primavera no Campo Branco”, tendo como “epicentro” as novas instalações do pólo de Castro Verde do Conservatório Regional do Baixo Alentejo, por onde passarão dezenas de tocadores dos quatro cantos do país e até do Brasil.
“A espontaneidade como estas violas ‘dialogam’ permite perceber, simultaneamente, a sua origem popular comum e as diferenças que lhe foram sendo introduzidas pelas comunidades que as utilizam. […] E a presença destes tocadores é uma oportunidade não só para apreciar a sonoridade, mas também a história das suas violas”, adianta ao “CA” Pedro Mestre, da ACA.
O IV Encontro de Violas de Arame, que inclui também a terceira edição do Encontro de Tocadores de Viola Campaniça, arranca às 10h00 de sábado, 27, com uma mesa-redonda de apresentação das diversas violas de arame.
Depois de almoço está agendada uma visita à exposição de cordofones concebida a partir do espólio pessoal de Pedro Mestre, seguida de oficinas de violas de arame.
E à noite, a partir das 21h30, o cine-teatro de Castro Verde recebe um espectáculo com o Grupo de Violas Campaniças, o Grupo de Violas Campaniças da Escola Secundária de Castro Verde e os Violas de Arame Concerto.
No domingo, 28, o programa do encontro prevê para a manhã as conversas “Acordar para as cordas”, “Alfabetização da memória” e “História de vida de Manuel Bento – Da sabedoria à melodia”, enquanto que de tarde continuam as oficinas de violas de arame.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima