Castro: CDU contesta cortes, PS critica "herança" da CDU

Castro: CDU contesta cortes

O ajustamento dos protocolos de cooperação que a Câmara de Castro Verde mantém com as juntas de freguesia do concelho, aprovado na passada semana, é contestado pela CDU, que por sua vez é “alvo” de duras críticas por parte do Partido Socialista.
Para os comunistas, a decisão do executivo municipal “contraria as promessas eleitorais do PS” e “os compromissos assumidos” pelo presidente da Câmara no início do mandato, tratando-se “de uma manifesta vontade de asfixiar a autonomia e a capacidade de realização das juntas de freguesia rurais”, “todas de maioria CDU”.
“A CDU Castro Verde rejeita o argumento que esta opção política seja fruto da ‘herança’ que a CDU deixou, ou da actual situação financeira da Câmara Municipal. A CDU geriu a Câmara no último mandato com, sensivelmente, as mesmas receitas que o PS tem hoje à sua disposição e nunca optou por penalizar as juntas de freguesia nas transferências para investimento”, argumenta.
Por seu lado, a Concelhia de Castro Verde do PS veio a público lamentar que, “depois de conduzir a Câmara Municipal de Castro Verde ao mau estado financeiro que tem neste momento”, o vereador Francisco Duarte e a CDU “ainda tenham a ousadia de acusar o executivo do PS de falta de ‘engenho e criatividade’ na gestão da autarquia”.
“Ou seja, para a CDU tudo devia continuar como sempre foi e o executivo do PS devia ter ‘engenho e criatividade’ para continuar a permitir o agravamento da situação financeira da Câmara Municipal. Temos de dizê-lo com clareza: é preciso muita falta de responsabilidade para pensar assim”, frisa o PS de Castro Verde em comunicado enviado ao “CA”, lembrando que no final de 2017 a autarquia apresentava uma dívida a fornecedores “superior a um milhão de euros”.
“Depois de nove anos a gerir a Câmara e de a levar ao estado em que está na área financeira, o vereador Francisco Duarte e a CDU entendem que o executivo do PS deveria continuar a ‘assobiar para o lado’ e, lamentavelmente, querem enganar os castrenses, tentando passar a ideia que nada têm a ver com o grave problema que criaram no concelho”, acrescentam os socialistas, concluindo: “Na verdade, só há dois responsáveis pela situação que a Câmara Municipal de Castro Verde está a passar: Francisco Duarte e a CDU”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima