Candidato do PSD/ CDS quer impedir maioria em Beja

Candidato do PSD/ CDS quer

O candidato da coligação PSD/CDS-PP à presidência da Câmara de Beja apelou ao voto na sua candidatura como "única garantia" de evitar uma maioria absoluta PS ou CDU.
Nas eleições autárquicas de domingo, 29, votar na coligação PSD/CDS-PP "é a única garantia da existência de um diálogo político, pois evita uma maioria absoluta que tão maus resultados deu num passado recente, quer com a CDU quer com o PS", disse João Pedro Caeiro.
"Até hoje, nenhum executivo camarário maioritário desempenhou um trabalho positivo em prol" do concelho, afirmou João Pedro Caeiro, numa conferência de imprensa, em Beja, na qual fez o balanço da campanha da sua candidatura.
Segundo o candidato, no domingo, "as pessoas têm nas suas mãos votar contra as maiorias absolutas que apenas têm estrangulado o desenvolvimento" do concelho e "não servem para mais nada que não seja o alimentar de guerrilhas políticas e pessoais".
João Pedro Caeiro lamentou o facto de "muitos" dos cartazes de campanha da candidatura da coligação PSD/CDS-PP aos órgãos autárquicos do concelho de Beja "serem sistematicamente vandalizados".
"Esta prática não dignifica em nada a democracia" em que "felizmente vivemos" e "apenas é demonstrativa" da falta de educação cívica e de educação democrática de "quem pratica tais actos", disse.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima