Campos de ensaio da AACB apresentam resultado positivo

Campos de ensaio da AACB

Os campos de ensaio e demonstração da Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB) surgiram há cerca de cinco anos e têm na equipa coordenadora os agricultores António Francisco Colaço e Fernando Rosa, a que se junta Manuel Patanita e José Dores, da Escola Superior Agrária de Beja.
“O balanço é muito positivo e temos conseguido cumprir os objectivos a que nos propusemos. Temos estado a experimentar em culturas anuais de cereais, culturas forrageiras e pastagens e o resultado tem sido, em geral, bastante bom”, observa ao “CA” com satisfação António Francisco Colaço.
De acordo com este agricultor, o trabalho desenvolvido nos campos de ensaio e demonstração visa alcançar “o máximo de eficiência” na lavoura, sendo que alguns dos resultados alcançados têm sido surpreendentes. “Por exemplo, o trabalho com as culturas forrageiras é muito interessante, não só porque aquelas co-associações de culturas que temos feito fazem aumentar a quantidade de forragem por hectare como fazem também aumentar a qualidade da forragem, o que também é importante”, explica António Francisco Colaço.
Todos os resultados obtidos pelos campos de ensaio e demonstração são revelados nos Dias de Campo, estando igualmente disponíveis a todos os agricultores através da AACB. Um trabalho que é para continuar no futuro, sobretudo numa altura em que as alterações climáticas são cada vez mais uma evidência.
“As alterações climáticas estão aí, todos os dias, e temos de nos tentar adaptar a elas. E essa adaptação passa por tentarmos fazer espécies e variedades adaptadas e ser o mais eficiente possível naquilo que fazemos e em relação aos factores de produção que temos em mãos”, argumenta António Francisco Colaço.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima