“Caminhos de Santiago” com novas rotas no Alentejo

“Caminhos de Santiago”

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo apresenta nesta quarta-feira, 4 de Setembro, em Santiago do Cacém, o projecto “Caminhos de Santiago Alentejo Ribatejo”, que contará com três rotas diferentes na região, num total de 1400 quilómetros.
A iniciativa está agendada para as 10h00 e estarão presentes a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, a directora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoiera, a comissária do Jacobeu 2021, Cecília Pereira, o ministro regional da Cultura e Turismo da Galiza, Román Rodríguez González, e o presidente da Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva, entre outros responsáveis.
De acordo com a Turismo do Alentejo, este projecto “visa resgatar a história e o simbolismo da fé e da espiritualidade para peregrinos e caminhantes, através da oferta de experiências que permitam descobrir paisagens, hábitos e tradições populares, mas sobretudo a vivência do património religioso existente no território”.
Os “Caminhos de Santiago Alentejo Ribatejo” terão três percursos, sendo que o “Caminho Central” terá 19 etapas e passará pelos concelhos de Almodôvar, Castro Verde, Ourique, Odemira, Aljustrel, Santiago do Cacém, Grândola, Alcácer do Sal, Montemor-o-Novo, Vendas Novas, Coruche, Benavente, Salvaterra de Magos, Almeirim, Azambuja, Cartaxo, Santarém e Golegã.
Por seu lado, o “Caminho Nascente” percorre os concelhos de Mértola, Beja, Cuba, Alvito, Viana do Alentejo, Évora, Estremoz, Sousel, Fronteira, Alter do Chão, Crato e Nisa, ao passo que o “Caminho da Raia” passa pelos pelos concelhos de Mértola, Serpa, Moura, Mourão, Reguengos de Monsaraz, Alandroal, Vila Viçosa, Elvas, Campo Maior, Arronches, Campo Maior, Portalegre, Marvão, Castelo de Vide e Nisa.
Por ser considerado um produto “de particular relevância”, tanto para o mercado nacional como internacional, “o projecto contempla ainda um site em português e inglês, brochuras e um guia roteiro em cinco idiomas, um mapa multilingue e a credencial do peregrino”, acrescenta a Turismo do Alentejo.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima