Câmara de Redondo aposta na reabilitação

Câmara de Redondo

A Câmara de Redondo vai avançar com um projecto de reabilitação urbana na vila, de forma a proporcionar "melhores condições de bem-estar e conforto" à população, disse à Agência Lusa o presidente do Município.
Segundo António Recto, o projecto envolve uma área de intervenção de cerca de 17 hectares, vai ser desenvolvido de forma faseada e assenta na delimitação da Área de Reabilitação Urbana (ARU), já aprovada pelo executivo municipal.
"O projecto prevê uma intervenção profunda em diversas infraestruturas, como resultado do reforço da política de reabilitação e requalificação que tem vindo a ser desenvolvida pela autarquia", realçou.
Esta intervenção integrada, acrescentou, contempla não só a substituição de pavimentos, bem como a reposição de toda a rede de águas, esgotos, electricidade e telecomunicações.
"Em simultâneo, o município pretende ainda assegurar a reabilitação do tecido edificado da vila, dando especial atenção aos edifícios degradados e funcionalmente inadequados como reflexo de uma forte preocupação social resultante da difícil conjuntura que o país atravessa", salientou o autarca.
De igual modo, adiantou o autarca, "os diversos espaços verdes e os equipamentos de utilização colectiva vão ser alvo de requalificação".
Ainda no âmbito da ARU, explicou António Recto, estão definidos benefícios fiscais associados aos impostos municipais, o que resulta numa redução de 50% do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e das taxas administrativas cobradas no âmbito de processos relativos a acções de reabilitação em edifícios inseridos no perímetro da ARU.
Para avançar com este projecto, o Município de Redondo pretende elaborar uma candidatura a fundos comunitários.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima