Câmara de Odemira quer que IC4 seja prioridade do Governo

Câmara de Odemira quer que

A Câmara de Odemira contesta o relatório do Grupo de Trabalho para as Infra-estruturas de Elevado Valor Acrescentado, por este não considerar o IC 4 como prioritário.
A posição da autarquia surge num parecer político aprovado por unanimidade durante a última reunião de Câmara, na passada quinta-feira, 20, em que os autarcas odemirenses acusam o Governo de “virar costas ao desenvolvimento do Sudoeste Alentejano, às suas pessoas e seus empreendedores”, dado nem sequer ter analisado durante o estudo este troço entre Sines e Lagos, previsto no Plano Rodoviário Nacional 2000.
“O IC4 ajudaria a região e o país a desenvolver-se economicamente, permitindo uma via directa de um conjunto de mercadorias e bens a Sines e ao IP8 (e através deste à A2 e a Espanha), o crescimento da atractividade turística, para além de permitir uma ligação confortável e de menos de uma hora de Odemira ao Hospital do Litoral Alentejano”, argumenta o parecer da Câmara de Odemira.
A autarquia sustenta ainda que apesar da região registar grandes investimentos privados nos domínios industrial, florestal, agro-alimentar e turístico e exportar diariamente dezenas de milhões de euros de produção nacional e de produtos de valor acrescentado, possui “um claro déficit” nas vias rodoviárias de acesso aos centros produtores e aos maiores centros urbanos.
“Não estamos a pedir autoestradas ou portos, estamos a pedir um itinerário complementar para uma zona bastante distante das grandes rodovias nacionais”, vinca a Câmara de Odemira no parecer, acrescentando: “Já não chega a dificuldade nas acessibilidades locais e todas as restrições ambientais que as populações locais suportam, senão a descriminação negativa de Odemira ser o único concelho do litoral português a não ter uma ligação do tipo IC, apesar da sua sede se situar a mais de 45 quilómetros da A2”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima