Câmara de Odemira exige obras na Escola Secundária

Câmara de Odemira exige

A Câmara de Odemira aprovou uma moção onde exige a realização de obras de requalificação na Escola Secundária local, previstas pelo Ministério da Educação desde 2010.
De acordo com o documento, professores, funcionários e alunos do estabelecimento têm condições de trabalho “precárias e indignas”, o que acaba por ter “reflexos negativos na normal actividade lectiva, no processo de ensino/ aprendizagem e em toda a comunidade educativa”.
A moção lembra que o início das obras chegou a estar previsto para 2011, o que não sucedeu por decisão do Ministério da Educação.
A autarquia lembra que desde então foram várias as diligências tentadas junto de diversas entidades para que as obras avançassem, não escondendo a sua estranheza por a Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves ter ficado de fora, em Maio, da lista dos 14 estabelecimentos de ensino que iriam ser alvo de “obras de vulto”.
Tudo isto leva o executivo odemirense a exigir “com a maior urgência” ao Ministério da Educação que sejam tomadas “as medidas necessárias, para que sejam executadas as obras de requalificação” da Secundária local.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima