Câmara de Marvão quer estimular horticultura

Câmara de Marvão quer

A Câmara de Marvão vai disponibilizar terrenos aos munícipes para fomentar a prática da horticultura como actividade de lazer e como forma de apoiar a população em tempos de crise.
O autarca Vítor Frutuoso explicou à Agência Lusa que o programa “Hortas da Aramenha”, que vai ser desenvolvido numa área de um hectare, é aberto a todos os munícipes daquele concelho histórico do Alto Alentejo.
“Nós temos água disponível do perímetro de rega da barragem da Apartadura, os solos são da melhor qualidade e a ideia passa por voltar, sempre que há crises, às raízes, à temática rural e às nossas origens”, disse.
Inspirado nas tradicionais hortas comunitárias, o projecto “Hortas da Aramenha” é composto por uma área de um hectare, repartido por cerca de 30 talhões.
“Esta é mais uma solução para encontrar projectos de vida e, por isso, queremos que seja abrangente e que não seja só direccionado para pessoas a passar por maiores dificuldades”, explicou.
Ao desenvolver o programa, o município espera ainda promover junto das populações uma alimentação saudável, valorizar o espírito comunitário na utilização do espaço público, estimular actividades ambientais para as famílias e outros grupos da comunidade e potenciar a utilização da compostagem.
Vítor Frutuoso indicou ainda que, caso este programa venha a “correr bem”, contando com uma “adesão significativa”, o município tem em mãos um outro projecto idêntico para desenvolver numa quinta.
Segundo o autarca, o concelho tem uma área agrícola por “excelência” e um "património cultural de origem rural e de fortes tradições agrícolas”, sobretudo com a “actividade hortícola”.
Nesse sentido, o município lançou este projecto vocacionado para a horticultura, área que considera “relevante” para a manutenção da qualidade do solo, da biodiversidade e, consequentemente, da estrutura ecológica.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima