Câmara de Beja reduz endividamento

Câmara de Beja

Os eleitos da CDU nos órgãos autárquicos do concelho de Beja garantem que o endividamento da Câmara Municipal diminuiu mais de oito milhões de euros desde Outubro de 2013.
Esta é uma das conclusões do encontro de domingo, 17, que juntou os eleitos da CDU nas juntas e assembleias de freguesia e na Câmara e Assembleia Municipal de Beja, onde foi analisado e projectado o trabalho previsto para o actual mandato autárquico, que termina em 2017.
Em comunicado, a CDU destaca o facto de ter sido “resolvido o velho assunto das dúvidas relativas à situação financeira do Município”, garantindo que a dívida a fornecedores “passou de 5,5 milhões ede euros para menos de 500 mil euros”, que o prazo médio de pagamentos a fornecedores “passou de 122 para 60 dias” e que “o endividamento foi reduzido em mais de oito milhões de euros”.
Os eleitos comunistas destacam ainda o conjunto “de obras realizadas e em curso em todo o concelho e em cada uma das freguesias”, a aposta “no desenvolvimento económico e na captação de investimento”, e a “luta pelo desenvolvimento do aeroporto, pelas vias rodoviárias e ferroviárias necessárias a uma capital de distrito”.
De acordo com a CDU, ao longo destes anos “foram normalizadas as relações institucionais com as juntas de freguesia e actualizados os protocolos que lhes asseguram um importante nível de capacidade de resposta”, “aumentou a oferta cultural, de lazer e de eventos em todo o concelho” e “assumiu-se uma prática de abertura e de bom relacionamento com todas as instituições do concelho e na região, para encontrar e trabalhar em soluções que beneficiem Beja”.
Tudo isto leva a CDU a traçar como metas “cumprir o resto do mandato a ‘Afirmar Beja’ pelo trabalho”, estando convicta “de ver renovada a confiança da população na CDU e no seu projecto”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima