Bloco de Esquerda também não aceita dissolução da ExpoBeja

Bloco de Esquerda também não aceita dissolução da ExpoBeja

O Bloco de Esquerda de Beja não aceita que a Câmara Municipal bejense dissolva a ExpoBeja, a empresa municipal responsável pela gestão do Parque de Feiras e Exposições de Beja, "sem a apresentação e discussão prévia de um modelo de estratégia e gestão alternativos" para o equipamento.
Em comunicado, os bloquistas bejenses manifestam a sua "preocupação" perante o que consideram ser uma "proposta intempestiva" e "uma enorme leviandade" do executivo camarário, argumentando que este, "mais uma vez, tem demonstrado uma total incapacidade para a gestão de dossiers que exigem uma postura de diálogo e colaboração" entre os diversos partidos e forças vivas da cidade.
Além do mais, acrescenta o comunicado do Bloco de Esquerda, aquilo que a Câmara de Beja "promete para o dia seguinte à extinção da ExpoBeja é uma ‘mão cheia de nada’".
Nesse sentido, os bloquistas defendem que o Parque de Feiras e Exposições de Beja "deve ser encarado como um elemento estratégico para o desenvolvimento económico e social da cidade, do concelho e do distrito nas mais diferentes áreas", reiterando a sua disponibilidade para, no quadro da Assembleia Municipal de Beja, "discutir e analisar propostas que apresentem uma nova estratégia" para o equipamento.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima