Beja recebe sessão sobre fibrilhação auricular

Beja recebe sessão

A Associação Bate Bate Coração promove esta sexta-feira, 28, em Beja, uma sessão de esclarecimento sobre fibrilhação auricular, a arritmia cardíaca mais frequente.
A sessão, aberta a alunos da Universidade Sénior de Beja e ao público em geral, vai decorrer a partir das 15h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Beja.
Num adulto saudável, em repouso, o coração bate cerca de 60 a 100 a vezes por minuto, mas, em determinadas circunstâncias, pode bater de uma forma irregular, o que se considera uma arritmia cardíaca, ou seja, uma perturbação do ritmo cardíaco, explica a associação.
Uma das complicações mais graves da fibrilhação auricular é a ocorrência de AVC, que “pode ter consequências devastadoras”, alerta a associação, referindo que cerca de um terço dos casos de AVC têm como origem a fibrilhação auricular e os relacionados com esta arritmia são “habitualmente mais graves”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima