Beja: PS critica gasto excessivo com festa de passagem de ano

Beja: PS critica gasto excessivo

A Concelhia de Beja do PS considera “demasiado elevado” o valor pago pela Câmara Municipal pelo espectàculo da fadista Ana Moura na festa de passagem de ano, no passado sábado à noite.
Em comunicado, os socialistas reconhecem que a festa da passagem de ano em Beja “é um dos momentos marcantes do ano da cidade” e que “tem vindo a ganhar expressão ano após ano”, mas entende que a verba de 42 mil euros pagos pela autarquia por 90 minutos de actuação de Ana Moura foi “demasiado elevada para aquilo que deve ser o custo a suportar pelo Município com o(a) artista principal presente”.
Nesse sentido, o PS garante que “assim que regressar à presidência da autarquia” vai “criar um ‘plafond’ máximo para a contratação do(a) cabeça-de-cartaz dos festejos de ano novo, bastante inferior ao valor deste ano, reduzindo assim os custos globais da festividade, sem beliscar minimamente a qualidade do evento”.
Os socialistas anunciam ainda “que sempre que o dia 31 de Dezembro ocorra de sexta para sábado ou de sábado para domingo deve ser estudada a possibilidade de com os meios técnicos existentes, e já contratados, se poder ter mais um dia de espectáculos” na Praça da República, “rentabilizando assim parte do investimento feito, nomeadamente com o palco e multimédia”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima