“Beja está a ter boa dinâmica empresarial”

“Beja está a

Quase a cumprir dois anos de mandato, presidente da Câmara de Beja apresenta ao “CA” o balanço do trabalho desenvolvido e admite que há ainda muito por fazer até 2021 para que Beja seja, efectivamente, o “centro do Sul”. Ainda assim, Paulo Arsénio garante que já há mudanças evidentes no concelho, sobretudo no plano da captação de novos investimentos privados e da dinâmica cultural de Beja.
“Quer do ponto de vista cultural, do ponto de vista económico ou do ponto de vista da importância estratégica de Beja, estamos a tentar reposicionar a cidade numa importância maior do que aquela que tinha antes. E, nesse sentido, vemos que a dinâmica empresarial que Beja está a ter é muito boa, o que nos permite uma grande dose de optimismo”, sublinha.

Leia a entrevista completa a Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, na edição de 27 de Setembro do “CA”, já nas bancas

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima