BE de Almodôvar quer referendo sobre agregação de municípios

BE de Almodôvar quer referendo

O Bloco de Esquerda (BE) de Almodôvar defende a realização de um referendo popular sobre a possível agregação, ou não, do município de Almodôvar a outro concelho.
Em comunicado, os bloquistas almodovarenses lembram que após o processo “nada democrático” da união de freguesias se avizinha uma nova reforma do Estado, que pode levar à agregação de municípios e deixar as populações “cada vez mais longe” do apoio que as autarquias prestam.
“Qual é o critério para a agregação? O querer do povo ou a régua e esquadro como foi o caso da união de freguesias?”, questiona o BE de Almodôvar, que recorda o caso concreto do concelho, que já “perdeu duas freguesias pela fusão de Gomes Aires com Santa Clara-a-Nova e Graça de Padrões com Almodôvar, o Centro de Saúde com Urgências, as Finanças, a Segurança Social”.
“Será a perda do seu estatuto como município a próxima?”, continua o comunicado do BE, defendendo “a realização de um referendo, à semelhança da sua posição para a união de freguesias, no sentido de auscultar a vontade da população do concelho de Almodôvar sobre a agregação, ou não, de municípios, de modo a que seja esta a pronunciar-se sobre o futuro do concelho”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima