BE contra destruição de casas de ciganos na Vidigueira

BE contra destruição de

O Bloco de Esquerda (BE) de Beja condena a destruição, pela autarquia, do “Parque de Estágio” na Vidigueira, onde viviam perto de sete dezenas de pessoas de etnia cigana.
O caso foi denunciado na edição desta terça-feira, 8, do jornal “Público” e para os bloquistas bejenses “a forma brutal” como a demolição foi feita configura “uma grosseira violação de direitos humanos e sociais, a começar pelo direito à habitação consignado no artigo 65.º da Constituição da República Portuguesa”.
“Mas é repugnante que ela tenha sido ordenada pela Câmara de Vidigueira e pessoalmente comandada pelo seu presidente, numa autarquia que se reclama de valores de esquerda”, acrescenta o BE de Beja em comunicado, lembrando que a comunidade em causa “tinha sido realojada há cerca de dois anos no ‘Parque de Estágio’ pela própria Câmara”.
Estes acontecimentos levaram já o grupo parlamentar do BE a questionar o ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, no sentido de saber se este tem conhecimento a situação e sobre como conta o Governo garantir “imediatamente” uma alternativa de alojamento condigno a estas pessoas e famílias.
Que medidas conta o ministro empreender “para encontrar uma solução global e definitiva aos problemas sentidos pela comunidade cigana da Vidigueira” e como irá o Governo proceder junto da autarquia da Vidigueira, “de modo a garantir que estes abusos e violações de direitos não voltem a ocorrer”, são as outras questões apresentadas pelo BE a Miguel Poiares Maduro.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima