Autarcas de Viana do Alentejo contra fecho da Repartição de Finanças

Autarcas de Viana do Alentejo

A Assembleia Municipal de Viana do Alentejo aprovou uma moção contra o possível encerramento da repartição de Finanças local, considerando que, a avançar, a medida acarreta “prejuízos irreparáveis para as populações, empresas e economia local”.
O documento foi aprovado por unanimidade, com os autarcas a alertarem que, a concretizar-se, o fecho das Finanças vai obrigar a população “a percorrer grandes distâncias para resolver os problemas até aqui resolvidos localmente”.
Tal situação, pode ler-se na moção, “provocará um aumento nos custos da deslocação a uma população cada vez mais envelhecida e com baixos rendimentos”.
O facto de o edifício da repartição de Finanças de Viana do Alentejo ser propriedade do Estado também é recordado pelos autarcas, que realçam que, assim, “não existem custos acrescidos para a manutenção deste serviço no concelho”.
A moção foi remetida à ministra de Estado e das Finanças, à Associação Nacional dos Municípios Portugueses, aos grupos parlamentares e a outros organismos do Estado de âmbito regional e nacional.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima