Associação ambiental nasce na aldeia de Fortes

Associação ambiental

Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população local é o objectivo da recém-criada Associação Ambiental de Amigos das Fortes (AAAF), aldeia no concelho de Ferreira do Alentejo.
A associação nasceu da “luta” travada pela população contra a poluição causada pela fábrica de bagaço de azeitona na aldeia, que culminou com a recente suspensão da actividade da unidade industrial, e os seus órgãos sociais são apresentados publicamente neste sábado, 22, pelas 17h00, nas Fortes.
“Porque sempre defendemos que a população de Fortes quer que esta localidade seja um exemplo onde indústria e ambiente possam ter uma convivência saudável, cumprindo todos os requisitos legais, decidimos formalizar o grupo informal de moradores e amigos das Fortes numa associação ambiental legalmente constituída para que a mesma possa fazer sempre parte da solução e nunca do problema”, justifica fonte oficial da nova associação.
De acordo com a mesma fonte, a AAAF pretendem igualmente “o devido reconhecimento enquanto representantes desta causa por parte das demais entidades, locais, regionais e nacionais, que têm sob sua responsabilidade a monitorização e avaliação dos impactos ambientais resultante da laboração da unidade industrial, bem como da própria empresa”.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima