Assembleia Municipal da Vidigueira contesta eventual fecho de escola de Selmes

Assembleia Municipal da Vidigueira contesta eventual fecho de escola de Selmes

A Assembleia Municipal de Vidigueira contestou a intenção do Ministério da Educação de fechar a Escola Básica (EB) do primeiro ciclo de Selmes e manifestou-se preocupada com os “elevados riscos de desagregação e depressão demográfica” da eventual decisão para a freguesia.
Na moção aprovada por unanimidade no passado dia 28 de Junho, a Assembleia Municipal de Vidigueira considera “imprescindível” a manutenção da escola, alertando que o fecho irá contribuir para o “desenraizamento das crianças”.
Segundo os autarcas, a rede de estabelecimentos de ensino de Vidigueira está “harmonizada e compatibilizada com as necessidades reais” e a “perspectiva de agregação” de escolas “não é ajustada às características da densidade demográfica” do concelho “nem tão pouco tem em consideração as especificidades sócio-educativas próprias da freguesia de Selmes”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima